top of page
  • Foto do escritorRené Santos Neto

Curitiba 2024: A Influência Feminina na Disputa Política e o Impacto de Moro e Dallagnol

À medida que as eleições municipais de 2024 se aproximam, a cidade de Curitiba se encontra em meio a um cenário político cada vez mais dinâmico e complexo. Além das negociações partidárias e das possibilidades de alianças, um elemento emergente tem ganhado destaque: a presença e a influência das mulheres na disputa.


Dentre as potenciais candidatas, Márcia Huçulak e Carol Dartora (PT) têm se destacado de formas significativas. Huçulak, com seu longo currículo no serviço público e reconhecimento pelo enfrentamento da Covid-19, pode se tornar uma figura importante na chapa encabeçada por Eduardo Pimentel. Já Dartora, primeira deputada negra do Paraná e a candidata mais votada em Curitiba em 2022, tem uma trajetória de ascensão política impressionante.

No entanto, outro nome feminino pode surgir e influenciar drasticamente o cenário político de Curitiba: Rosângela Moro, esposa do senador Sergio Moro (União Brasil). Com a cassação do mandato de Deltan Dallagnol (Podemos), que era considerado o "plano A" de Moro para as eleições municipais de 2024, Moro estaria cogitando lançar Rosângela como candidata a prefeita de Curitiba.


Embora Rosângela seja atualmente deputada federal por São Paulo, ela poderia alterar seu domicílio eleitoral para Curitiba para concorrer ao pleito municipal. Apesar de essa mudança possivelmente implicar a renúncia de seu mandato de deputada federal, decisões recentes em casos semelhantes sugerem que tal renúncia pode não ser necessária.


A entrada de Rosângela na corrida para a prefeitura pode ser um marco significativo, não apenas por ampliar a presença feminina, mas também por trazer a influência de figuras proeminentes da Lava Jato, como Moro e Dallagnol, para o cenário político local. Este movimento estratégico poderia testar a capacidade de transferência de votos dessas personalidades para Rosângela, redefinindo o jogo eleitoral em Curitiba.


Entretanto, vale lembrar que Moro enfrenta desafios judiciais que, caso resultem em decisões adversas, podem custar-lhe o mandato de senador e deixá-lo inelegível por 8 anos. Isso torna o cenário ainda mais incerto e volátil.


Assim, a política de Curitiba se apresenta como um palco em constante transformação. A influência feminina, cada vez mais presente, e os desdobramentos do cenário político envolvendo figuras como Moro e Dallagnol, tornam a disputa pela prefeitura em 2024 um evento a ser acompanhado de perto.




74 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page